quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

O meu marido

No meio desta história toda gostaria de vos relatar como foi contar ao meu marido (na altura namorado) que tinha Trico.

Ele adorava mexer-me no cabelo e não percebia porque é que eu estava sempre a fugir das suas carícias. 
Partia-me o coração fazer isso, mas tinha receio de que se ele soubesse que arrancava o cabelo, jamais quereria continuar a namorar com uma "louca".

Um dia, enchi-me de coragem e contei-lhe!

Ele ficou surpreendido e disse algo que ainda hoje guardo na memória: "não sei se me imagino a viver uma vida inteira com uma pessoa com um problema desses". Magoou-me imenso e chorei como uma louca, mas a verdade é que quando soubemos que não se tratava apenas de arrancar o cabelo, mas sim de um problema - vimos num programa de TV - ele começou a tratar o assunto de outra maneira e a ajudar-me.

Hoje, como marido, continua a ser o meu maior aliado! Tenho plena confiança nele para lhe dizer "querido, hoje arranquei o cabelo! Não consegui mesmo resistir". Claro que ele fica triste, mas arranja logo 1001 maneira de ultrapassarmos o problema.
Comprou-me até uma bola anti-stress para ocupar a mão "livre", nos dias de maior stress.Apesar de ter sido um choque para ele, contar o que se passava foi o melhor que eu poderia ter feito! Reforçou a nossa relação, a confiança um no outro e passamos a viver como uma equipa inseparável, disposta a lutar contra a Trico.

2 comentários:

Talita disse...

que gracinha...
gostei muito da iniciativa de seu marido..

Anónimo disse...

Tiveste muita sorte no marido/companheiro que arranjaste, minha querida e eu orgulho-me mt de vós!
bji
S