segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Em direto na televisão nacional

Em outubro passado dei um passo, que penso que seja penso importante, rumo à desdramatização da Tricotilomania. Fui contactada pela jornalista Leonor Sacadura, da SIC, que me propôs uma entrevista a testemunhar o que é e como é ter Tricotilomania.

Não vacilei e aceitei de imediato! Apesar dos meus compromissos profissionais não me terem permitido deslocar ao estúdio em Lisboa, a equipa veio ao Porto e entrevistou-me. Nervosa e sempre atenta, dei o meu melhor pensando em todos vós e em toda a gente que poderia vir a identificar-se comigo.






Aguardo pelo vosso feedback*

5 comentários:

Michele Barros disse...

Olá, Xana, tudo bem? Gostaria de uma orientação sobre como proceder com uma amiga que tem o problema. Nós nunca conversamos sobre isso, mas sempre a vejo a arrancar os fios durante o trabalho (momentos de leitura no computador) e gostaria de saber se há algo que eu possa fazer para ajudar-la. Ela já tem várias partes do couro cabelo sem fios, ainda dá pra disfarçar, mas é visível em algumas áreas. Acredito que ela nem mesmo saiba que isso é uma doença. Uma vez comentei o fato de ela estar arrancando os cabelos, mas ela apenas sorriu envergonhada e não falou nada. Aí li que isso pode até piorar a compulsão... Não sei o que fazer para ajudar... Pode me orientar?

Diário de uma Tricotilomaníaca disse...

Parabéns pela coragem Alexandra!!!participo de um grupo sobre tricotilomania no facebook,aqui do Brasil,e estamos querendo falar sobre a TTM na televisão tbm!!!fico muito feliz por vc,pela sua coragem e força!!!Parabéns!!!

Anónimo disse...

Ooi Xana, preciso de ajuda, tenho 15 anos e desde os 7 anos tenho tricotilomania ,quando eu era criança minha mãe sempre me chamava de louca quando ia varrer o chão e via milhares de cabelos, essa minha obsessão sempre para e depois volta com mais intensidade, não aguento mais isso, nunca falei sobre esse problema com ninguém e não sei a quem recorrer, está cada vez mais dificil conviver com isso !

Anónimo disse...

Admiro a sua coragem. Obrigada!

Anónimo disse...

Olá xana! Bem não estava à espera do teu testemunho na tv, costumo aqui vir e fiquei surpreendida. Pois sofro de trico, sou portuguesa e gostava de partilhar contigo e ouvir-te. Tenho 24 anos. Aguardo, um e-mail teu, nice70061@hotmail.com, quando possas. Um grande abraço :)