domingo, 8 de dezembro de 2013

Partilhar para ajudar

Ter Tricotilomania é mais complexa do que a simples vontade de arrancar cabelo. Pode também ser arrancar pestanas, sobrancelhas, pêlos de qualquer outra região do corpo, incluindo a púbica. Sim, não sabiam?


Uma leitora anónima deste meu cantinho, partilhou o modo como a trico se manifesta na sua vida. E, como nunca conheci um caso identico, vou dar algum destaque este testemunho e pedia-vos que lessem e partilhassem se o mesmo se passa convosco ou se conhecem casos assim.

"...eu não arranco os cabelos diretamente da raiz, mas eu faço nós na ponta dos fios, vou embolando esses nós, amarrando uns aos outros, e depois os arranco. Acontece que como fico futricando muito na ponta dos cabelos, acabo por arrancar tufos da raiz quando vou desfazer esses nós. Minha casa fica cheia de bolinhas de cabelo pelo chão. Quando prendo o cabelo, na altura da nuca fica muitos fios mais curtos, como se eu tivesse rapado em algum momento passado, e preciso ficar justificando para as pessoas que na verdade são "cabelinhos novos".
Mas agora tem piorado, tenho começado a sentir as coceiras no couro cabeludo e tenho medo de começar a arrancar diretamente da raiz.
Se alguém passa por algo parecido como eu, por favor, manifeste-se para que possamos trocar conversas e se ajudar mutuamente."


Beijinhos a todos*

31 comentários:

Anónimo disse...

oi pois é amigos (as) eu arranco os cilios nao é facil ser chamada de louca,ou nao ter apoio! mais nao é só eu agora sei! tamu junto!! bjo em 2014 vamus estar melhores!

Anónimo disse...

Tenho 15 anos. Comecei a cortar fios de cabelo as 13. Simplesmente corto ou com os dentes ou com uma tesoura e brinco com ele na boca. A psicóloga disse q se tratava de um distúrbio mental. Meu cabelo foi ficando cada vez mais curto. Não sei o q fazer. So quero q isto acabe mas parece q e mais forte do que eu.

Anónimo disse...

Ola meus queridos me chamo Wal e sofro com isso á seis anos sendo que NINGUÉM sabe,tenho muita vergonha e queria contar com a ajuda de vocês. Meu whatsapp é 83 9932 8937

Anónimo disse...

gente eu quero ajuda tb .
eu descobri que minha sobrinha tem isso. e quero um telefone de algum medico que cuida disso.
por favor me ajuda
meu telefone e 11-985666995

Anónimo disse...

Comecei a arrancar minha sobrancelha a dois meses, ja arranquei mais da metade da esquerda e estou comçando a "comer" a direita. Minha mae fala que eu com certeza faço isso pq alguma amiga minha faz, ou entao fala que é frescura.. estou mal, me sinto cada dia mais despersonificada e feia. Amava minhas sobrancelhas..

Anónimo disse...

Eu desenvolvi a TRICOTILOMANÍA alguns anos atrás. Foi o período mais difícil da minha vida e tive que passa-lo comigo mesma pois minha família não entendia a gravidade do assunto. Depois de ler os comentários acima, me peguei chorando em frente o computador simplesmente por que eu sei o quanto é difícil, o quanto dói. Mais eu quero que vocês saibam uma coisa: vocês são fortes. Não falo de uma fraqueza hipotética ou irreal, falo do que existe dentro de vocês. Procurem ajuda, não há nada de errado nisso. Sejam fortes, procurem um motivo pra continuar respirando e se esforcem, lutem. E eu prometo que vai passar. Vocês são muito especiais e vão conseguir. Se quiserem conversar, aqui está meu e-mail: yteen_bjs@hotmail.com abraços !

Anónimo disse...

meu nome é janaina hoje tenho 23 anos e tenho isso desde meus quinze anos tenho muita vergonha de sair de casa e sofro muito com isso me ajudem por favor estou desesperada vou passar no medico dia 7 agora vou começar um tratamento

Anónimo disse...

olá tento parar com esse habito, é muito dificil parar mas alguns anos atras consegui parar por um periodo de 8 meses mas do nada quando percebi ja tinha começado de novo estou lutando contra isso.
minha mae nao ajuda.
cara ela falou pra tds as pessoas q estavam na minha mesa fiquei muito mal por conta disso. mas agora estou lutando contra isso, recori a ajuda superior busquei ajuda na religiao.
estou a 3 dias sem arrancar um unico fio de cabelo. como consegui?
cada vez q me da vontade de arrancar um cabelo procuro alguma coisa pra fazer. o segredo é manter-se ocupado e pedir ajuda pra Deus q ele ajuda.
meu contato caso queiram compartilhar experiencias.
tbsrocha3@gmail.com

Anónimo disse...

olá tento parar com esse habito, é muito dificil parar mas alguns anos atras consegui parar por um periodo de 8 meses mas do nada quando percebi ja tinha começado de novo estou lutando contra isso.
minha mae nao ajuda.
cara ela falou pra tds as pessoas q estavam na minha mesa fiquei muito mal por conta disso. mas agora estou lutando contra isso, recori a ajuda superior busquei ajuda na religiao.
estou a 3 dias sem arrancar um unico fio de cabelo. como consegui?
cada vez q me da vontade de arrancar um cabelo procuro alguma coisa pra fazer. o segredo é manter-se ocupado e pedir ajuda pra Deus q ele ajuda.
meu contato caso queiram compartilhar experiencias.
tbsrocha3@gmail.com

cristina disse...

Meu nome e cristina e tenho 48 ano e tenho esse problema desde os 4 anos de idade isso foi desencadiada quado minha prima que e 27 anos mais velha que eu era cabelereia e nao quis tirar a minha sombrancelha, depois da cliente, que estava fazendo esse procedimento.Poisbem, tiro o cilios e a sobrancelha e ainda como, nao consegui parar todo esse tempo. Ja tive muita vergonha mas hoje em dia assumo caso alguem me pergunte ou tenha algum comentario sobre isso.Alguns ano nao muito ouvi falar sobre esse assunto na tv, foi entao que tive coragem de falar com uma dermatologista pela primeira vez, mas ela nao conhecia o problema, procurei um psiquiatra e tambem nao tive respota, entao desisti de procura. Hoje o ouvi uma dermatologista falar sobre esse assunto na tv, entao resolvi procurar na internet, foi quando encontrei voces e resolvi desabafar. Beijos fique com Deus e que tenhamos sorte para resolver essa patologia que tanto nos encomoda.

Anónimo disse...

Hoje eu to com 17 anos, mas des dos meus 8 anos eu arranco cabelo, minha mae me chama de loica por causa desse comportamento, eu nao consigo ficar um dia sem arrancar cabelo, nao importa o luar que eu to, quando menos espero, eu to arrancando cabelo e brincabdo com ele. Eu sei que preciso de ajuda, porem tenho muita vergonha. Ja tentei parar sozinha mas o maximo que consigo sao horas sem arrancar cabelo. Se alguem quiser, pode me chamar no whats 51 84486616

Anónimo disse...

Meu e yosnagh tenho 17 anos e ja nem sei o q fazer meus pais me condenam me xinga me fazem xorar mais e mais
tenho o abito de arancar os cabelos desde os 10 11 anos e dai pra frente nao consigo parar . Eu sei q preciso de ajuda mas nao encontro
preciso de ajuda

Anónimo disse...

Oi gente, tenho 14 e tenho a trico à 2! Me lembro ate hj o dia em que comecei à arrancar. Eh ajuda de algum profissional, mas simplesmente nao sei com fazer isso sozinha. Meus pais sabem que eu arranco mas eles "ignoram", nunca falaram nada sobre isso cmg, e eu tbm nunca falei com ele. Ja falei com amigas na escola e elas dizem "só parar de arrancar!" Como se fosse fácil assim, se fosse "so parar" eu ja teria parado com certeza! Eu tenho vergonha, e geralmente so arranco enquanto assisto tv ou estou na cama tentando dormir, antes arrancava durante as aulas, mas parei. Atualmente arranco mt menos, pois costumo estar com as maos ocupadas mexendo no celular, oq eu tbm ja virou um vicio! POR FAVOR ME DEEM UMA DICA DE COMO CONTAR PARA MEUS PAIS, OU COMO PARAR! me chamem no whatsapp se for necessário 011997346494

Anónimo disse...

Quando eu tinha 15 anos comecei com essa mania de arrancar os fios do meu cabelo e comer a raiz, depois passei a fazer o mesmo com os cílios e as sombrancelhas, fiquei com falhas enormes e usava como desculpa alguma alergias a certos produtos por vergonha de dizer a verdade. Ninguém nunca soube o que realmente aconteceu, hoje estou com 19, ainda tenho umas recaídas mas em geral, meu cabelo voltou a ficar bonito e sem falhas, meu cílios e sombrancelhas também. Então quero dizer a vcs que a força pra superar a tricotilomania está dentro de vcs, todos passamos por maus momentos, mas temos a opção de lutar ou continuar com eles. Nao liguem pra opiniões alheias, superem a falta de atenção e o descaso de quem pensa que isso é frescura. Fiquem diante do espelho e vejam a única pessoa na qual vcs tem que acreditar, é difícil mas não impossível. Ergam a cabeça e vamos em frente, só depende de nós. Um grande beeijo

Anónimo disse...

Olá , desde os 15 anos de idade sofro com este problema , começei arrancando fios crespos , e na epoca achava normal .. porém o tempo foi passando e eu fui aprofundando , passava as vezes até uma noite toda acordada arrancando os meus fios e comendo a raiz .. ja tive tratamento com psicologo mas nao resultou em muita coisa . continuei por mais 2 anos arrancando .. a alguns meses passei por muitos problemas no trabalho , e com amigos . fui muito humilhada e decidi dar uma revira volta em minha vida . decidi que ninguem mais podia lutar por mim a nao ser eu mesma . e entao começei a cuidar para que nao arrancasse os meus fios . passei por algumas recaidas . mas estou conseguindo deixar crescer . aos poucos ele está pegando forma novamente . me apeguei muito a Deus e ele tem me ajudado, também pratico exercicios físicos , que é uma otima terapia e ajuda bastante a se manter ocupada . o Segredo é manter a mente focada em alguma coisa , algum objetivo . TODAS nos sabemos que nao tem nada melhor que estar com a auto estima elevada. então o meu conselho é que voces tracem um foco e tente segui-lo . vocês conseguirão ! assim como eu estou conseguindo .. um grande abraço ! fiquem com Deus

Derci disse...

A tricotilomania pode ser tratada com hipnose clinica.Caso queira mais informações ...psiderci@hotmail.com.

Derci disse...

Procurem um bom terapeuta que trabalhe com hipnose,pode ser psicólogo,psicanalista ou outro profissional mas que tenha conhecimento da hipnose clínica.
Já tratei pacientes com tricotilomania e consegui resultados excelentes e rápidos.Se precisarem de informações: psiderci@hotmail.com

Anónimo disse...

Tbm tive isso. E de vez enquando arranco meus cabelos. Arranco ate sair aquele negocinho transparente da raiz. Rancava mt toda hr. Minha cama ficava repleta de cabelo. Tenho 20 anos hj e tenho uma filha de um ano. E parei. As vezes eu puxo um fiozinho ou outro mais é mt raro . Pq n tenho tempo. Antes ficava mt atoa. Hj ja tenho mt o q fazer. Por tanto axo q uma ajuda a vcs seria tentar fazer outras coisas pra n lembrar de arrancar os fios. É mt ruim. Eu orava mt p deus tirar isso de mim. É isso bjs.

Anónimo disse...

Eu sofro com isso faz muitos anos...a algum tempo atras, consegui ficar uns 3 meses sem tirar um fio e depois começei tudo de novo. Isso passa porque sou muito anciosa e fazem exatamente uns 10 anos que não sei o que é dexar meus cabelos ao vento... Sempre esta preso...realmente uma tortura...Tento e não consigo parar...alternativas já tentei e nada. Ninguém sabe do meu sofrimento pq não contei,
mais creio que já perceberam que algo estou escondendo e quando tocam o tema cabelo, eu saio... Espero que um dia possa sair desse inferno psicologico. Boa sorte para vcs!

Anónimo disse...

Olá, tenho buscado pessoas nos grupos ou páginas de tricotilomania, talvez possa te ajudar, caso queira... Não quero ser identificada pq como a mioria das pessoas aqui,sofro com a tricotilomania há 20 anos. Mas o que vim fazer aqui, é divulgar e compartilhar uma informação de grande valia. Moro em São Paulo, Capital, e cansada deme esconder, levar a tal vida secreta do mundo da tricotilomania, venho buscando ajuda profisional incansávelmente... Porque sozinha eu não consigo. Descobri sozinha uma forma de tratar e queria compartilhar com quem quiser e precisa. A Associação Viver Bem, coordena um grupo específico de tatamento para tricotilomania no Hospital da Clínicas de São Paulo - HCFMUSP, sem nenhum custo para os pacientes. O Programa chama PRÓ-AMITI - Programa de assistencia e pesquisa em multi impulsividade e transtornos do impulso, no Instituto de Psiquiatria do hospital das clinicas de SP. O que é preciso para ser atendido, ter disponibilidade as quintas- feiras das 8 as 9:30hs, o programa conta com psiquiatra/ utilização ou não de remédio, psicólogos, terapia ocupacional e todos os exames e medicamentos custeados pelo programa, e pelo HC. Como poucas pessoas sabem que podem ser tratadas, por especialistas no asdunto, queria que vc divulgasse neste grupo. O grupo se ínicia em outubro gora e dura 28 semanas, toda quinta 8/9:30 no Instituto de Psiquiatra do Hospital das Clínicas de SP. O contato pra triagem é com uma psicóloga Enilde Muniz: enildetognimuniz@uol.com.br, com Rafael ou Mariana no Amiti/HC tel: 2261-7805, ou Edson Toledo, psicóogo e corrdenador do grupo no mesmo telefone. A pessoa entra em contato, explica que sofre com tricotilomania e quer ser atendido no programa, eles vão marcar uma triagem, o Rafael liga avisando o dia (uma quinta) onde o coordenador Edson realiza uma entrevista, passada a triagem, realiza alguns testes psicológicos com 4 psicólogas, e inicia a terapia ocupacional, tudo SEM NENHUM CUSTO, GRATUITO! só arca com a condução até o local. Recebe atendimento psiquiatrico, psicológico, exames necessários ( de sangue), terapia ocupacional e medicamento. Divulga por favor, se souber de mais alguém que precise e com certa urgencia, pq os grupos estão sendo montados para inicio em outubro e a triagem demora duas semanas ( duas quintas). Espero ter ajudado quem precisa e não sabe que o HC tem um programa especializado. Cheguei até o programa sozinha, pesquisando, pedindo ajuda. Espero poder ajudar quem precisa. Obrigada Lu

Mara disse...

Vms criar um grupo no whatsapp para ajudar umas aas outras.
Mandem msg q adiciono.
Meu num. 86 99248382

Bjs!!

Anónimo disse...

olá pessoas queridas ...tenho a tricô desde dos meus 15 anos
passo ano a ano arrancando meus cílios...ufa essa página é linda
desabafa é maravilhoso sufoco muito por guardar pra mim isso
lendo vários relatos tive coragem de escreve livre sem vírgulas e pontuação espero que entendam
arrancar o cílios é triste vivo com baixa estima e vitimizando minha vida
tenho hoje 27 anos contínuo a arrancar numa frequência e intensidade forte
tenho uma ptose de cílios e de pálpebras por nascer primatura
acho que queria não ter ptose por isso arrancando sempre
meus país não entendem tem pena e o jeito foi medicamentos pra controlar
a dor boa se transformação em medo de nunca para rezo muito mas posso e quero rezar mais
nunca vejo nada sobre a tricô de cílios e sombrancelhas
sei que há muitas dúvidas e muita clareza a ser compartilhada bnte

Anónimo disse...

Posta ,mais ajuda muito....
continue todos os dias com o blog.......

Anónimo disse...

Boa noite tenho trico a 8 anos vejo q sua ideia do grupo do whats é muuito boa. Me add por favor 81 993414052

Anónimo disse...

Ola, li seu o seu texto, e lembrei de mim quando eu tinha sua idade, meu cabelo já tinha muitas falhas e para disfarçar eu sempre andava com ele amarrado, até hoje ando.Não é simples lidar com a tricotilomania, é muuuuuuito difícil... Começei a arrancar aos 7 anos, e só aos 24 procurei ajuda psicológica e psiquiatra, até então eu não falava disso com ninguém, é muito difícil ter alguém que escute sem julgar. Mas eu lhe sugiro que fale com os seus explique sobre o transtorno de impulsos (tricotilomania), fale como vc se sente, como é difícil controlar...enfim...

Anónimo disse...

Meu número 19 99207 4240 quero trocar experiências com quem sofre com isso tbm!!

Sandrinalli Fernandes disse...

Bom,falar sobre isso é bem difícil! Até mesmo para o seu melhor amigo. A vergonha e o medo de ser julgado é terrivelmente assustador. Tenho esse comportamento há mais de 15 anos. Começou com uns 11 ou 12 anos, já tenho 31. Na escola todos riam de mim quando me viam puxando os fios, passando eles nos lábios e partindo- os em vários pedaços, em volta da minha mesa na sala de aula ficavam os vestígios da minha loucura, eram centenas de pequenos pedaços de cabelo. Veio a universidade, o trabalho, as filhas os problemas no casamento, e parece que hoje a trico só pioram, estou com uma grande área sem cabelos e morro de vergonha disso. Já tentei buscar ajuda, fiz umas dez sessões de terapia, tomei uma caixa de ansiolítico e até comprei o Minoxidil para ajudar no crescimento. Mas sou anciosa demais para esperar os resultados. Parece impossível resolver isso. Não sei como fazer e gostaria muito da ajuda de alguém que me entendesse sem me julgar. Porque para as pessoas ao meu redor parece algo muito simples de resolver. "É só você não arrancar!"_Dizem elas como se estivesse me dando a solução mais simples do mundo, mas nós sabemos o quão difícil é não colocar as mãos nos cabelos sem arrancar um fiozinho se quer.��

Sandrinalli Fernandes disse...

Se realmente existir um grupo no whatsap gostaria muito de participar, o número é 55
83988751547

LAYSE LIRA DE MELO disse...

oá há 11 anos sofro de ttm e gostaria de participar do grupo de conversas no watss meu número é 84 999073520, quero que me adicionem!!

Unknown disse...

Olá boa noite, me chamo Suellen tenho 27 anos e desde os sete sofro da trico, gostaria de ter alguém pra conversar, atualmente estou tentando me recuperar da última crise, com uma falha enorme no meio da minha cabeça. Quero participar de um grupo, ou se alguém quizer me chamar este é meu número. 11 95281-0092 Vamos nos ajudar força a todos.

Anónimo disse...

Olá malta. Tenho 23 anos, comecei a arrancar cabelos com mais ou menos 15/16 anos. Já fazem meses que não arranco sequer um fio, e vejo os cabelinhos a crescerem e isso me motiva cada vez mais. O que eu queria dizer é: Não desistam. E não sintam vergonha da vossa situação. Sempre tive muita vergonha e tentei esconder o maximo possivel de todas as pessoas a minha volta, até que um dia resolvi contar a uma amiga e ela me deu um super apoio. Ela me ajudou a procurar ajuda e nunca me julgou, isso me ajudou bastante! Outra coisa que me ajudou muito foi: me manter ocupada! Eu notei que arrancava mais os fios quando estava em casa, normalmente sem fazer nada, e então comecei a ocupar mais o meu tempo com coisas que me dão prazer. Se vocês têm alguma actividade que gostam de praticar, seja pintura, leitura, música ou desporto, qualquer coisa que vos deixe "relaxado" ou que exija concentração e vos mantenha ocupados, eu aconselho imenso! Se têm uma pessoa que possam se abrir que esteja do vosso lado, não tenham medo. Ela pode ajudar E MUITO. Não tenham medo de procurar ajuda, e não tenham vergonha. Força malta! <3 :D