sexta-feira, 15 de maio de 2015

Tricotilomania em Portugal


Continuamos tão atrasados, em relação a outros países do mundo!!

Tantos portugueses a sofrer de Tricotilomania, mas tantos profissionais de saúde ainda sem saber o que isso é!! Reparem na quantidade de portugueses que visitam o meu blog. Quantos saberão que o nome Tricotilomania existe???


Certamente, a mentalidade de século XVII não nos deixa evoluir. Não é indo à bruxa que resolvemos as situações, mas sim arregaçando as mangas. Até quando será assim? Tanta gente sem informação, em sofrimento e em silêncio. Eu fui uma dessas pessoas durante 11 anos e continuaria se não tivesse visto, por simples acaso, a reportagem num canal brasileiro da TV cabo.

Até quando Portugal?
Até quando vou ouvir médicos e farmacêuticos pedir para repetir e esclarecer quando ouvem TRICOTILOMANIA!! Não percebeu? Tri-CO-ti-LO-mania, seu burro, que estudaste tantos anos, em vão!!!

Enfim..

Amigos, força a todos e esperança no dia de "amanhã".

5 comentários:

deeps disse...

:)

Anónimo disse...

Olá linda,

Também este distúrbio há vários anos. Aprendi a esconde-lo de todos e viver com ele :)
Tenho tido a sorte de encontrar muitos profissionais de saúde que até conhecem o palavrão mas não sabem o que fazer com ele. Não sei o que será mais lamentável.

O grupo que conhece o meu distúrbio é bem restrito mas nele conto com uma pessoa que também sofre do mesmo, ainda que duma forma diferente.

Venho visitar-te de vez enquando na esperança de ler algo mais sobre... às vezes sobre mim mesma :)

Bem hajas pela tua coragem Xana.
Beijinhos de

adeustricotilomania disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Estou começando um blog sobre a minha vida com a trico também! Bom saber que não estamos sozinhas! Força sempre!

https://adeustricotilomania.wordpress.com

Anónimo disse...

É muito triste... Os nossos médicos nem se dão ao trabalho de perceber este tipo de distúrbios... Quanto mais o seu nome. Outras loucas... pensam eles. Por isso nunca tive coragem para procurar ajuda médica. Esquecem se de uma coisa muito importante , quando obtiveram a licença para exercer a sua profissão, também estavam a tirar uma licença para estudarem sozinhos. Parabéns pelo teu novo trabalho :-D :-)